Número total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

TOPOGRAFIA E CORTES GEOLÓGICOS


O RELEVO
Uma carta topográfica representa o relevo a duas dimensões – a planimetria . Quando se representa a configuração do relevo a três dimensões  é a altimetria.
Nas cartas topográficas, o processo da representação do relevo geralmente é por curvas de nível, que unem pontos de igual cota.
Estes valores de altitude têm como referência o nível médio do mar (altitude 0 metros)

Na definição das curvas de ní-vel é importante determinar  a equidistância entre as curvas sucessivas que representa a diferença de altitude entre uma e outra curva.
Quer nas cartas topográfica, quer nas cartas geológicas estão repre-sentadas por um traço fino e contí-nuo. Para facilitar a sua interpretação podem apresentar um traço mais

Grosso - curvas de nível mestras -  que o normal, que são interrompi-das com o valor de sua cota.
Curvas delimitando depressões fechadas

Curvas de nível aproximadas: 
Muito próximas - sinal de que estamos perante uma situação de relevo acentuado com superfícies muito inclinadas.
Muito afastadas – sinal de que estamos perante uma área de terreno pouco inclinada.

Relação entre curvas de nível: - uma curva de nível é de maior cota do que as que a envolvem. Exceptuam-se as depressões fechadas em que a situação é inversa.

Relação entre curvas de nível  e linhas de água  e cumeada– as curvas de nível ao intersectarem as linhas de água, curvam fazendo uma inflexão para montante, para as zonas de maior altitude. Ao intersectaremas linhas de cumeada fazendo uma inflexão arredondada para jusante.

PERFIL GEOLÓGICO
Representa a geologia ao longo da direcção ao longo da qual se definiu esse perfil.
Para além de representar a geologia da superfície, pode repre-sentar variadíssimos aspectos de carácter geológico que apenas pode-rão ocorrer  em profundide. Assim, as falhas, as estruturas sedimenta-res, as dobras, intrusões magmáticas e outras, tornam-se mais eviden-tes quando representadas segum um perfil geológico.

SITUAÇÕES MAIS COMUNS
Camadas ou formações geológicas horizontais:
É a situação mais simples .
Como as formações são hori-zontais, o contacto das formações não intersecta as curvas de nível, pelo que as linhas de contacto e as curvas de nível são paralelas




As camadas são inclinadas

Recorre-se ao método das horizon-tais.
- Traça-se uma linha recta que une pontos de contacto entre camadas que se encontram à mesma cota.
Traça-se a reta C1 / C2 (horizon-tal dos 600 m); depois  a D1 /D2 para traçar a horizontal dos 500 m.
Estas retas , C1/C2 e D1/D2 intersectam a linha do corte nos pon-tos C3 e D3, dando a projecção a di-ferentes profundidades das camadas.








2 comentários:

  1. Olá Guilherme.
    Não sei como está no seu micro ,mas aqui está impossível de ler seu texto e o fundo preto não ajuda muito .rsrs.
    Aumenta o tamanho da fonte e coloca um fundo branco,garanto que melhora bastante.
    Até mais.

    ResponderEliminar